Dúvidas sobre este conteúdo?
Converse agora com um de nossos especialistas
Cardápio para hamburgueria: saiba como montar um menu de hambúrgueres

Cardápio para hamburgueria: saiba como montar um menu de hambúrgueres

Cardápio para hamburgueria: saiba como montar um menu de hambúrgueres

Os hambúrgueres não são novidade no mercado alimentício, mas atualmente, além de serem uma grande aposta lucrativa, as hamburguerias estão se desenvolvendo e inovando cada vez mais. Isso porque existe um bom investimento por trás do lanche norte-americano e suas receitas únicas e diferenciadas que atraem a atenção de todos os tipos de clientes. Nos últimos anos, a inovação do hambúrguer mudou de um simples fast food para um prato mais preparado e moderno. 

Por se tratar de um ramo que se desenvolveu rapidamente nos últimos anos, a concorrência neste mercado também é muito elevada. Portanto, quem deseja investir em uma hamburgueria deve estar preparado para superar alguns dos obstáculos ao longo do caminho. O primeiro passo é realizar uma análise detalhada para desenvolver um bom plano, que inclui localização, espaço, decoração e, claro, equipamentos essenciais para uma hamburgueria

Com foco no menu, a Di Pratos reúne uma série de dicas para desenvolver uma ótima apresentação de seus hambúrgueres, acompanhamentos, bebidas e opções de sobremesa.

Como montar um cardápio para hamburguerias? 

Para criar um menu de hambúrguer, primeiro você precisa definir o tipo de cardápio que será usado no local: físico ou digital. Em seguida, escolher os nomes para cada opção de lanche e preparar uma descrição da receita com os ingredientes. Se decidir usar também uma foto ou ilustração do hambúrguer para atrair a atenção dos clientes, precisará de uma boa produção para compor a apresentação do prato. No entanto, tudo precisa combinar com o tema do seu restaurante, então não se esqueça de seguir a mesma fonte e cartela de cores.

Passo a passo para montar um menu para seus hambúrgueres 

Defina o estilo de sua hamburgueria e o que deseja oferecer aos clientes

Além de pensar na apresentação, todo empreendedor deve prezar pela qualidade do produto. Então, primeiro crie suas receitas e batize cada uma delas. O cardápio deve ser personalizado e bem planejado, mas para isso é necessário pré-estabelecer seu conteúdo. Pratos artesanais ou gourmets, por exemplo, atraem mais atenção e devem ser os primeiros a serem apresentados. Considerar o estilo do restaurante e o público-alvo também é essencial para que o menu faça parte da experiência completa dos clientes.

Sobre o mercado das hamburguerias

Avalie os possíveis concorrentes

Conforme mencionado na introdução, para entrar neste mercado, é preciso considerar a concorrência. Fazer uma entrevista e analisar os restaurantes mais próximos da sua localização ou aqueles com perfis semelhantes é uma ótima maneira de começar a pensar em como inovar em seu próprio negócio. Verifique cuidadosamente todos os menus, especialidades, preços, temas e os “hambúrgueres da casa”.

Foque em diferenciais

Oferecer o que os outros não fazem é realmente a melhor maneira de se destacar. Por isso, a ideia principal ao listar os lanches, é primeiro apostar nas receitas autorais ou mais diversificadas e deixar alternativas mais comuns – por exemplo, o burguer simples e o x-salada, posicionados abaixo desses. Hoje, também é essencial sinalizar as opções vegetarianas, veganas ou sem glúten.

Veja também:  Como implementar o Mise en Place na cozinha e salão do seu restaurante

Use e abuse da criatividade

Conhece a psicologia dos menus? Pois é, ela pode realmente funcionar! O uso de cores, imagens, descrições e preços estão diretamente relacionados aos desejos do consumidor. Por isso, é válido investir em algo mais criativo para sua hamburgueria, não basta fornecer um hambúrguer com alguns ingredientes especiais ou mesmo algum acompanhamento, se ele não aparecer com destaque no cardápio. Usar fontes fáceis de ler, manter o design simples e apostar em uma linguagem interativa e interessante são dicas práticas e eficientes.

Mantenha o cardápio atualizado

Pode soar óbvio, mas sempre bom reforçar. Fazer um pedido e receber a notícia de que a opção não está disponível no dia pode ser muito decepcionante e quebrar a expectativa do cardápio. Lógico que irão existir eventuais faltas de um ou outro ingrediente, o que vale ser avisado ao consumidor. Agora, caso um prato saia do menu por não dar retorno ou gerar altos custos, a apresentação precisa ser atualizada imediatamente.

Dicas práticas na hora de montar o menu da sua hamburgueria

Acima, elencamos conselhos mais gerais e pontos de atenção para saber como desenvolver um bom cardápio de hamburgueria. Neste tópico, vamos às dicas práticas de formatação para saber exatamente o que fazer e o que evitar ao montar o menu.

Todos os pontos listados irão levar a uma apresentação bem mais eficiente no momento de atrair os clientes e fazer com que eles consumam os produtos com segurança.

  • Não utilizar o cifrão no cardápio nos valores; 
  • Limitar a quantidade de opções por tópico para que o cliente consiga observar cada uma (algo entre 7 e 8 é um excelente número);
  • Sempre sinalizar as opções veganas e vegetarianas;
  • Indique o tamanho dos tradicionais hambúrgueres, geralmente de 180g e a opção maior, caso tenha. Também é comum disponibilizar alternativas com 2 ou 3 blends;
  • Adicione opções kids com um lanche menor e mais suave para as crianças;
  • Crie um espaço para as porções variadas, como fritas e cebolas. O mesmo vale para saladas e sobremesas; 
  • Marcas de cerveja artesanal e sabores de milkshakes são acompanhamentos indispensáveis em uma hamburgueria, destaque ambos ao invés de sucos e refrigerantes.

Dica extra: cardápio para hamburguerias artesanais

Se existe uma dúvida específica sobre como fazer um cardápio de hambúrguer artesanal, então é importante entender que esse tipo de denominação dá grande ênfase aos melhores ingredientes. É até muito importante descrever no cardápio cada alimento usado e molhos em detalhes. Afinal, seus clientes entendem que o local que se autopromove como gourmet, opta por ingredientes diferenciados e oferece maior tecnologia e criatividade na hora de fazer seus produtos.

Porções e acompanhamento no cardápio

Obviamente, não basta servir apenas o prato principal, neste caso o hambúrguer. Alguns acompanhamentos e porções fazem parte do universo das hamburguerias e devem estar contemplados no cardápio. Opte por oferecer batatas fritas ou assadas, anéis de cebola, bacon, nuggets e boas alternativas de saladas. Disponibilizar porções individuais ou maiores para compartilhar as tornam ainda mais atrativas e contemplam diferentes clientes.

Para destacar seus serviços em comparação com a concorrência, neste tópico você poderá apostar em combos e promoções.

Bebidas e sobremesas no cardápio

Entre as bebidas que combinam com hambúrgueres estão milkshake, refrigerantes, sucos naturais, cervejas artesanais e água. Já as sobremesas devem ser mais leves e fáceis de serem consumidas, como uma espécie de petisco doce. Vale apostar em sorvetes, cookies, mousse ou um petit gateau.

Veja também:  Como montar um Bar: guia prático para empreender e ter sucesso

Cardápio digital

Muitos estabelecimentos estão abolindo os tradicionais cardápios de papel e optando por utilizar os menus digitais que estão sendo vistos como mais vantajosos. A estrutura segue a mesma, mas com a alternativa online é mais fácil de manter atualizado e gerar maior economia. Além disso, pode tornar o atendimento mais eficiente e aumentar o ticket médio do seu restaurante.

Menu de delivery: precisa de algo diferente do presencial?

Não, pelo contrário. O menu de delivery deve ser similar ao cardápio do local. Porém, na hora de desenvolvê-lo, a equipe precisa analisar se existem opções inviáveis de serem enviadas, como molhos, bebidas e sobremesas principalmente. Milkshake ou o petit gateau, por exemplo, podem chegar sem uma boa apresentação, o que proporciona uma imagem negativa ao estabelecimento.

Certificar-se de um bom sistema de entrega é primordial para escolher as opções que estarão presentes no cardápio de delivery ou disponíveis em aplicativos.

Como definir os valores de uma hamburgueria?

O preço é com toda certeza uma das coisas mais difíceis ao criar um menu. Isso ocorre porque as pessoas costumam calcular mal o custo dos pratos – o erro mais comum é esquecer de considerar itens importantes, como o salário dos funcionários e o tempo gasto pela equipe na produção de lanches, OU não somar um determinado percentual de custos e estruturas, como aluguel, luz, água e questões de infraestrutura. Para poder construir um preço justo, é necessário avaliar todos esses pontos em uma planilha e chegar a um valor justo e atraente.

Quais programas posso utilizar para criar o cardápio da minha hamburgueria?

Existem duas opções ao criar um cardápio: contratar um designer ou utilizar recursos online no estilo “faça você mesmo”. Se optar por economizar, estes são os programas e sites que podem te auxiliar no processo: Photoshop, Canva, Powerpoint, Coreldraw e Word. Para inspirações, o segredo é dar uma olhada no Pinterest e no Instagram.

E lembre-se de sempre manter a identidade visual e linguagem de sua hamburgueria no cardápio!

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
Tenha acesso a conteúdos exclusivos

Veja também

Veja mais no blog da
Di Pratos Multinox
Gestão
Produtos

Artigos mais recentes
Di Pratos Multinox - Equipamentos para Restaurantes Ltda | CNPJ: 60.048.717/0001-35
Copyright © 2004 - 2022 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Bravo Bird - Negócios Digitais