Tipos de cervejeiras
Tipos de cervejeiras: escolha o equipamento certo para seu bar ou restaurante

Tipos de cervejeiras: escolha o equipamento certo para seu bar ou restaurante

| ,

Tipos de cervejeiras: escolha o equipamento certo para seu bar ou restaurante

Tipos de cervejeiras

Entenda porque é importante ter uma cervejeira em seu restaurante ou bar – vantagens, modelos e dicas para utilizá-la da melhor maneira

Pensando em investir em uma cervejeira para o seu negócio? A ideia é ótima para empreendedores do ramo alimentício pois proporciona mais qualidade e eficiência na hora de servir cerveja. E mais qualidade quer dizer, consequentemente, mais sucesso para o seu bar ou restaurante.

Neste artigo, vamos te explicar o que é uma cervejeira e porque você deve armazenar a bebida em um equipamento específico para ela – e não em uma geladeira de uso comum.

Aqui, você vai encontrar mais detalhes sobre:

Não deixe de conferir também os benefícios de se ter uma máquina de lavar louça industrial.

Por que a cervejeira é necessária?

O seu público está sempre querendo a cerveja bem gelada? Este hábito não é à toa, pois a temperatura próxima do ponto de congelamento é a mais apreciada pelo paladar brasileiro. Mas, chegar nela não é tarefa fácil.

Cerveja gelada em restaurante

Enquanto as geladeiras comuns não atingem essa temperatura tão baixa, os freezers congelam o líquido. É por isso que é tão necessário investir em uma cervejeira. O equipamento é responsável por atingir a temperatura correta para a bebida.  

O sistema de refrigeração das cervejeiras trabalha por ar forçado e garante temperaturas que variam de -6°C até 2°C. Ou seja, conseguem deixar a cerveja extremamente gelada, mas sem que elas fiquem congeladas.

Vantagens de ter uma cervejeira

Garantir a temperatura ideal da cerveja já é uma vantagem e tanto para qualquer empreendimento. Afinal, cliente satisfeito com a bebida já é um grande passo para ele se tornar fiel ao ser bar ou restaurante – mas existem outros benefícios.

Enquanto chegar na temperatura ideal da cerveja armazenando-a em um freezer requer trabalho e atenção para que ela não congele, a cervejeira garante o ponto ideal sem preocupações e ainda diminui a sua conta de energia.

Isso porque os modelos mais atuais de cervejeira oferecem tecnologia em que as luzes internas são apagadas quando a porta é fechada, além de um sistema de refrigeração otimizado.

Alguns fabricantes, inclusive, garantem uma redução de até 30% no consumo de energia elétrica. E redução no consumo de energia significa uma conta menor no final do mês, certo?  

Veja também:  11 ideias de negócios no ramo de alimentação

Além disso, manter a cerveja na temperatura ideal de conservação preserva o aroma e o sabor da bebida. Armazená-la em qualquer outro refrigerador – onde você guarda outros itens alimentícios – pode afetar o seu paladar.

Tipos de cervejeiras 

O mercado oferece diversos tipos de cervejeiras – das que são ideias para o uso doméstico, até as maiores que servem grandes bares e restaurantes.

Uso doméstico

Cervejeiras pequenas, geralmente com capacidade para 112 litros, são uma ótima opção para apreciadores da bebida que queiram ter o melhor dela em suas próprias casas. Elas possuem regulagem na temperatura – o que permite armazenar também outras bebidas. 

Além de iluminação interna, o que facilita a visualização de seu interior, as cervejeiras doméstica também possuem vidro duplo temperado e portas com fechamento automático. 

Aqui, vale destacar também a atenção ao barulho gerado pelo motor que pode causar incômodo em sua casa. A Imbera, por exemplo, apresenta um sistema de refrigeração extremamente silencioso, sendo uma opção ainda melhor para o uso doméstico. 

Para bares e restaurantes

Agora, se você vai investir em uma cervejeira para o seu bar e restaurante, diversas outras características precisam ser analisadas com atenção. Alguns modelos possuem porta de vidro, o que facilita a visão interna sem que seja necessário abri-la, outros têm a chamada “porta cega”, ou seja, sem a visibilidade para o seu interior.

Cervejeiras modernas apresentam também um visor digital de temperatura que permite também a sua regulagem, podendo variar entre -6°, -4°, +1° e +3° dependendo da bebida escolhida. Isso porque garrafas de 600ml precisam de uma temperatura mais baixa do que latas ou long neck, por exemplo. É preciso considerar o item armazenado para configurar a temperatura ideal para ele. 

Outra especificação importante para cervejeiras em bares e restaurantes é a configuração de degelo automático – o que garante mais praticidade na hora de retirar o excesso de gelo formado no equipamento. 

Algumas cervejeiras possuem vidro duplo ou até mesmo triplo temperado nas portas com fechamento automático, aumentando ainda mais a resistência do equipamento contra o “abre e fecha” diário e assegurando a economia de energia e a temperatura interna. Além disso, essa característica, somado ao aquecimento interno, também garante o não embaçamento dos vidros – permitindo o interior estar sempre visível. 

Modelos ainda mais modernos também possuem refrigeração com fluxo de ar de trás para frente, resfriando mais rápido as bebidas que estão próximas a porta. Vale atentar-se também na cervejeiras com moldura com corte térmico. Esse item proporciona maior eficiência energética.

Tipos de cervejeiras

Como escolher o melhor tipo de cervejeira para o meu negócio?

Em relação ao armazenamento, os tamanhos disponíveis no mercado são diversos. As menores, que são recomendadas para uso doméstico, comportam geralmente 112 litros. 

Já bares e restaurantes, de pequeno e médio porte, devem analisar a sua necessidade – mas normalmente são indicados modelos que se parecem com uma geladeira convencional e que comportam entre 200 a 500 litros.

Estabelecimentos que possuem uma demanda extremamente alta devem optar por mais de uma unidade de cervejeira ou até mesmo uma mini câmara cervejeira (que pode armazenar até 3.000 litros).

Veja também:  Como montar um Restaurante: Passo a passo para empreender

Outro ponto de atenção na hora de investir em uma cervejeira é analisar o tipo e tamanho das prateleiras internas. Se o seu bar ou restaurante trabalha com diferentes modelos de envase, certifique-se de que o equipamento escolhido possui divisões que comportam e otimizam o seu espaço de armazenamento. Organizar os produtos é fundamental para garantir eficácia e rapidez na hora de servir o cliente.

Posso guardar outras bebidas na cervejeira?

Idealmente, a resposta é não. Como explicamos, a temperatura da cervejeira é ideal para servir apenas a cerveja. Um refrigerante guardado dentro dela, por exemplo, irá congelar depois de certo tempo. Produtos que estão congelados, se armazenados em uma cervejeira irão descongelar e, consequentemente, estragar – isso sem falar na mescla de aromas no interior do equipamento que prejudica o sabor da cerveja.

Se a pretensão for guardar outros itens que não a cerveja dentro da sua cerveja, como por exemplo refrigerantes, opte por um modelo que possua regulagem de temperatura. Assim você pode garantir que a bebida não congele quando armazenada lá.

Para garantir qualidade dos seus serviços, utilize cada equipamento em sua função original. E, se a dúvida bater, não se esqueça do mantra que existe entre os cervejeiros: a bebida deve ser colocada para refrigerar no mínimo oito horas antes de ser servida.

Gostou do nosso artigo sobre tipos de cervejeiras para bar e restaurante? Continue acompanhando nosso blog para outras dicas no setor Food Service e não deixe de conferir a seleção de cervejeiras que a Di Pratos oferece.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
Tenha acesso a conteúdos exclusivos

Veja também

Veja mais no blog da
Di Pratos Multinox
Gestão
Produtos

Artigos mais recentes
Di Pratos Multinox - Equipamentos para Restaurantes Ltda | CNPJ: 60.048.717/0001-35
Copyright © 2004 - 2020 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Bravo Bird - Negócios Digitais