Dúvidas sobre este conteúdo?
Converse agora com um de nossos especialistas
Bar e restaurante pet-friendly
Como tornar o seu bar ou restaurante pet-friendly 

Como tornar o seu bar ou restaurante pet-friendly 

Como tornar o seu bar ou restaurante pet-friendly 

Bar e restaurante pet-friendly

Hoje em dia muitas pessoas possuem animais de estimação e veem seus pets como membros da família ou até mesmo filhos, por isso gostam de ter a companhia nos mais diferentes locais que frequentam. Assim, gostam de levá-los para shoppings, lojas, passeios e, claro, bares ou restaurantes também. 

Diante deste novo cenário, tornar o seu estabelecimento pet-friendly é uma tendência cada vez mais em alta no mercado e com um apelo grande para o público que procura mais ambientes que acolham seus animais de estimação. 

Porém, é preciso pensar em alguns fatores. Manter animais no mesmo ambiente que alimentação nem sempre é visto como o ideal ou recomendado, seja por questão de higiene ou até social. Por isso, deve-se manter atenção em algumas legislações e regras para que não ocorram problemas futuros. 

Para adequar o seu ambiente aos pets é preciso pensar em seus donos, claro, mas também no público que frequenta o seu estabelecimento, mas não necessariamente gosta de animais – existem ainda pessoas que possuem alergias a pêlos, por exemplo. 

Por fim, tornar seu ambiente pet-friendly pode oferecer uma experiência bacana para quem frequenta o restaurante e, dessa forma, atrair mais público. Confira abaixo as dicas para trazer esse diferencial para o estabelecimento.

O que é um restaurante pet-friendly? 

“Pet-friendly” é um conceito trazido da língua inglesa que, em tradução literal, significa “amigável para pets”, mas que traz a proposta de permitir receber animais de estimação, como cães e gatos, em ambientes que antes não eram aceitos, como bares, restaurantes, entre outros locais. 

Um restaurante pet-friendly é, dessa forma, um restaurante que pensa e cria um cantinho destinado aos animais – com potinhos de água e uma infraestrutura que crie uma harmonia entre humanos, animais e a dinâmica do ambiente. Agradando os donos dos animais, respeitando aqueles que não possuem cães e gatos e ao mesmo tempo, evitando acidentes.

Café pet-friendly

Dicas para adequar seu empreendimento aos pets

Quando se permite a entrada de animais no seu estabelecimento, algumas adequações e escolhas devem ser feitas. Por exemplo, o animal ficará solto? Ou haverá algum lugar só para pets? Eles ficarão com os donos? Essas são escolhas que cabem ao proprietário do ambiente, mas é importante pensar em alguns detalhes para tornar o espaço aconchegante, gostoso e transformar o “pet-friendly” em uma boa experiência.

Veja também:  Como servir um brunch em seu restaurante: sugestão de cardápios e funcionamento

Espaço específico 

Monte um espaço designado especialmente para os pets no seu ambiente. Importante que seja na área externa do seu bar ou restaurante para cumprir as leis e regras sanitárias – que iremos aprofundar mais para frente neste artigo. 

É possível colocar uma grama artificial, alguns potes com água, umas coleiras presas no chão e até caminhas. Claro que esses detalhes não são obrigatórios, mas é interessante ir além do que só permitir a entrada dos pets no estabelecimento, mas criar um ambiente que seja confortável para todos e manter um espaço específico para eles pode proporcionar isso. Dessa forma, é possível agradar os donos e respeitar aqueles que não possuem pets.

Restaurante que aceita animais

Higienização

Esse é um ponto chave se você realmente quer trazer animais de estimação para o seu bar ou restaurante. Disponibilizar limpeza, produtos desinfetantes, álcool gel e oferecer saquinhos de lixo para que os donos limpem as eventuais sujeiras de seus pets é essencial.

É preciso também manter uma lixeira especial por perto do ambiente para que nenhum lixo orgânico se misture com a área de alimentos do local.

Comunicar o público 

É de extrema importância que o público esteja ciente de que no seu estabelecimento pets são bem-vindos. Realize uma ampla comunicação, utilize as redes sociais, panfletos e comunicados na entrada do próprio espaço. 

Deixar isso claro é essencial pois atrai as pessoas que querem ir comer algo ou tomar um drink na companhia do seu animal de estimação, assim como alerta aqueles que não necessariamente estão acostumados com essa presença para que não fiquem surpreendidos ao chegar no local.

Propaganda

Em linha com o tópico anterior, além de comunicar o público com o objetivo de que todos estejam cientes e preparados para a presença de pets no local, é importante usar esse diferencial como um apelo para atrair mais público. 

Criar publicações nas redes sociais do bar ou restaurante divulgando a novidade e distribuir panfletos em lugares estratégicos podem ser algumas opções para ampliar o alcance. É possível também interagir com marcas voltadas para produtos pets, criando parcerias, ativações e, quem sabe, patrocínios.

Pode ou não pode? 

Antes de iniciar as alterações no espaço e a comunicação do público para tornar o seu restaurante pet-friendly, é preciso consultar algumas regras e leis para respeitar questões sanitárias e não enfrentar qualquer tipo de problema no futuro, como proibições de órgãos sanitários. 

Veja também:  Saiba como escolher os fornecedores de alimentos para o seu restaurante

As regras podem mudar nas diferentes cidades, portanto consulte a Vigilância Sanitária da sua cidade para entender exatamente como adequar seu espaço aos animais. Pode ser interessante também marcar uma vistoria para que eles façam uma análise do local. 

Além disso, consulte a legislação municipal, para que você cumpra as leis vigentes na sua cidade, evitando falhas e possíveis interrupções futuras do espaço. 

Porém, existem leis federais e regras de vigilância sanitária obrigatórias. Os animais precisam estar acompanhados de seus donos e respeitar as áreas designadas a eles. É necessário criar uma área no ambiente externo para os pets, evitando que eles entrem em contato com os locais de alimentação. Também é proibido que os pets entrem em contato com as pessoas responsáveis pela alimentação.

Conclusão

Em suma, tornar seu bar ou restaurante amigo dos animais traz muitos benefícios para a clientela e seus pets. Seguindo as recomendações e orientações deste artigo, é possível criar um espaço específico para os animais e proporcionar uma experiência única ao cliente.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
Tenha acesso a conteúdos exclusivos

Veja também

Veja mais no blog da
Di Pratos Multinox
Gestão
Produtos

Artigos mais recentes
Di Pratos Multinox - Equipamentos para Restaurantes Ltda | CNPJ: 60.048.717/0001-35
Copyright © 2004 - 2022 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Bravo Bird - Negócios Digitais