Modelos de forno e tipo de aquecimento
Forno convencional ou de lastro, gás ou elétrico: características de cada modelo

Forno convencional ou de lastro, gás ou elétrico: características de cada modelo

| , ,

Forno convencional ou de lastro, gás ou elétrico: características de cada modelo

Modelos de forno e tipo de aquecimento

Qualidade, sabor e aquele visual “água na boca” dos alimentos são os principais pontos para atrair o público e novos clientes para seu restaurante, padaria, lanchonete e mais estabelecimentos. 

Um dos produtos responsáveis por esse resultado final atrativo é o forno. Ou seja, o utensílio é essencial para a confecção das receitas oferecidas em seu estabelecimento, garantindo a aparência, crocância, coloração e o brilho. O modo de preparo ideal sempre carrega o combo: bons ingredientes, preparo adequado e um bom processo de assamento! 

Não à toa, é indispensável que haja um investimento mais direcionado em fornos de alta qualidade, já que estes oferecem ótimos produtos para atrair mais consumidores. E outra, se o investimento for em um equipamento inadequado, poderá gerar maiores prejuízos e perda de clientes e, consequentemente, lucro.

É comum que muitas pessoas não consigam identificar a diferença entre os modelos de fornos, mas são várias as características específicas de cada um. Mesmo que o forno caseiro seja versátil e consiga preparar diferentes alimentos, o equipamento não é a ferramenta ideal para a panificação comercial, por exemplo. Aliás, quem trabalha com pães conhece as exigências e importância de equipamentos especializados.

Este artigo mostrará as características dos tipos de fornos e diferentes aquecimentos para auxiliar na escolha de um equipamento correto para sua cozinha!

Para chegar ao forno ideal para os serviços que oferece, dois aspectos são os mais relevantes: qualidade e eficiência energética. Além de prestar atenção às tecnologias utilizadas, é necessário também conhecer as especificidades – as diferenças operacionais e dimensionais também interferem no alimento.

Modelos de fornos

Vale dizer que entre os fornos de maior presença no mercado, destacam-se os de convecção e o lastro. Veremos as características a seguir!

Turbo ou de convecção

O forno turbo é um equipamento muito usado para assar uma extensa variedade de receitas, sendo uma de suas vantagens de destaque a versatilidade. Em geral, o utensílio é recomendado para a finalização de alimentos ou para preparos rápidos. O modelo leva o nome turbo porque é dotado de uma câmara de cocção com turbina para circulação do calor. 

Principais características

  • Evita a variação de temperatura em espaços diferentes da câmara;
  • Não é necessário esperar muito tempo para o preaquecimento;
  • Agilidade de assamento devido a circulação de calor;
  • Sistema de injeção de vapor automático;
  • Boa produtividade e capacidade.

Forno lastro

O estilo lastro é o mais indicado para padarias e docerias, por exemplo. Isso porque o modo de aquecimento é estático, o que permite que o pão não resseque. Ou seja, sua resistência elétrica superior é uma de suas grandes vantagens, o que promove calor de cima para baixo e beneficia o crescimento de massas usadas para pães e doces. 

Veja também:  Tipos de materiais para panelas: características do alumínio, ferro, aço inox, cerâmica, barro e outros

Este forno é produzido a partir de um material feito da mescla de minerais que formam um composto refratário. Dessa forma, resulta em um equipamento com ótima durabilidade, oferecendo ainda um aquecimento uniforme por toda sua extensão. 

Há diferentes modelos e proporções do lastro disponíveis no mercado, como pequenos, compactos ou os de escala industrial – possibilidade de aquecimento a gás, lenha, diesel ou elétrico.

Principais características

  • Iluminação nas câmaras;
  • Controle de temperatura;
  • Painéis de comando em LCD;
  • Registro de programas de identificação própria para cada receita.

Os fornos são compostos por uma ou mais câmaras de cocção sobrepostas, que apresentam resistências individuais para aquecimento de cada lastro e teto. 

Um ponto para se ter sempre em mente é que o tamanho da produção influencia na escolha do forno ideal. Não somente no que se refere ao sistema operacional, mas em relação ao dimensionamento e à capacidade. 

Tanto os fornos turbos, quanto os fornos de lastro podem operar individualmente ou em módulos. Para uma produção média, são mais indicados os fornos turbo que contam com sete ou oito assadeiras e os fornos de lastro de duas ou quatro assadeiras e quatro módulos. 

Agora, para produções de larga escala e contínua, como estabelecimentos com horários de pico, são indicados os fornos de convecção tipo turbo ou o forno rotativo, que também tem um sistema de forneamento com carrinhos “porta assadeira” – vamos apresentá-lo abaixo!

Se a opção for aderir aos fornos de lastro, é possível que a quantidade de equipamentos precise ser aumentada para suprir a demanda do seu estabelecimento em momentos de grande movimento.

Forno rotativo

O modelo é bem parecido com o forno lastro na qualidade. Sua vantagem é o equilíbrio entre velocidade de ventilação e caudal de ar, o que reduz a desidratação do alimento assado.

Principais características

  • Opera tanto com a elétrica como a gás e também com sistema de vapor;
  • Agiliza a linha produtiva e amplia a produtividade;
  • Possui tamanhos variados e uma capacidade produtiva elevada. 

Ou seja, o forno rotativo é adequado tanto para padaria quanto para confeitaria. Sendo o modelo mais aconselhado para fazer pães de hambúrguer, de hot-dog e biscoitos.

Forno rotativo

Tipos de aquecimento

Nos últimos anos, eletrodomésticos estão cada vez mais cercados de tecnologia com o propósito de otimizar o tempo e tornar tudo mais prático. E, então, para assar pão, bolo ou até mesmo carnes, qual escolher: elétrico ou a gás? 

Para responder a questão, trazemos algumas vantagens e desvantagens gerais de cada um deles!

Aquecimento elétrico

Principais características

  • Excelente controle de temperatura;
  • Permite assar mais de um prato ao mesmo tempo;
  • Assa de maneira uniforme (benefício da distribuição de calor em seu interior);
  • Desliga automaticamente (evita riscos de acidentes);
  • Retém o calor por mais tempo após desligado (economiza energia);
  • Utiliza apenas energia elétrica;
  • Fácil de limpar;
  • Indicado para pratos leves.
Veja também:  Copo de vidro temperado ou comum: saiba como identificar e todas as vantagens

Pontos a considerar

  • Demora mais tempo para chegar à temperatura desejada;
  • Se faltar energia, pode comprometer toda a sua receita;
  • Em maioria, mais caro quando comparado ao a gás. 

Aquecimento a gás

Principais características

  • Gasta menos energia;
  • Maior espaço interno; 
  • Indicado para receitas com longo tempo de preparo;
  • Confere mais sabor às receitas;
  • Mais barato.

Pontos a considerar

  • Necessita de conexão com gás;
  • Não possui controle exato de temperatura;
  • Aquece mais nas grades inferiores do que nas superiores (não assa de maneira uniforme);
  • Exige cuidados com vazamento e manutenções constantes;
  • Exige mais limpeza. 

Afinal, qual modelo de forno é melhor?

Depende. Para a cozinha residencial que, em geral, usa com menos frequência, o melhor pode ser o elétrico – evitando preocupações com manutenções ou com reparos. Agora, se o utensílio será muito utilizado, e profissionalmente, por exemplo, o aconselhável é o forno a gás, pois ele dará um gosto especial às suas receitas e terá maior economia na compra.

Conheça o forno combinado

Estes são equipamentos que possibilitam diversos tipos de cocção em uma única câmara. Hoje, os fornos combinados são o que há de melhor entre as opções. Entre os benefícios, estão: maior velocidade de cozimento, melhor aproveitamento dos ingredientes e sabor dos alimentos. Esta é a alternativa mais indicada para cozinhas industriais. 

O nome vem da junção de suas três funções: vapor, ar quente e, também, a de vapor combinado. Sua temperatura é controlada por sensores presentes ao longo da câmara e o termostato ajuda a mantê-la de acordo com o tipo de alimento preparado.

Os fornos apresentam versatilidade, produtividade, vantagens e desvantagens diversas. O melhor é analisar com calma suas necessidades e escolher o melhor para sua casa ou estabelecimento!

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
Tenha acesso a conteúdos exclusivos

Veja também

Veja mais no blog da
Di Pratos Multinox
Gestão
Produtos

Artigos mais recentes
Di Pratos Multinox - Equipamentos para Restaurantes Ltda | CNPJ: 60.048.717/0001-35
Copyright © 2004 - 2021 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Bravo Bird - Negócios Digitais